nicole herzog-verrey

Nicole Herzog-Verrey nasce em Zurique, Suíça. Bilingue desde a sua infância, desenvolveu uma grande facilidade para aprender idiomas, dominando o francês, alemão, inglês, espanhol, português e italiano.
A sua inclinação para a criatividade faz-lha desejar a ingressão numa escola de artes e ofícios mas a sua família obrigam-na a estudar o bacharelato clássico.
Muda-se um ano para o Brasil onde tem contacto pela primeira vez com fotógrafos. Este contacto conduz a que se matricule numa escola de fotografia em Londres.
Casa-se aos 23 anos com um hispanista suíço e juntos viajam um ano pela América Latina conhecendo diversas culturas e fazendo fotografia de reportagem.
No seu regresso apresenta uma grande exposição de fotografia patrocinada pela cidade de Zurique e Nikon.
Em 1974 abandona a Suíça para instalar-se em Madrid. O seu trabalho concentra-se na fotografia de reportagem tendo como temas preferidos habitantes locais no seu ambiente natural.
Depois de se licenciar na especialidade de Artes Plásticas na Faculdade de Belas Artes da Universidade Complutense de Madrid, participa durante cinco anos numa coletiva denominada de "Iocus", formada por quatro membros de profissões distintas produzindo obras em conjunto com a intervenção dos quatro. Os seus trabalhos são selecionados em muitos concursos e galerias principalmente como projetos coletivos de instalação.
Paralelamente segue a sua carreira artística em duas vertentes distintas: a saudade dos Alpes e do derretimento dos glaciares, autobiografias que mostram a sua dupla identidade suíça/espanhola. Noutros estudos busca alcançar a abstração a partir da fotografia digital.